Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


IMPRESSO PARA CANDIDATURA CORPOS SOCIAS




calendário

Março 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Para Tirar Duvidas Sobre Orgãos de Gestão e De Administração

Domingo, 11.03.07
 
 
Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica B1/JI – Quinta dos Morgados – Fernão Ferro
Por vezes é dificil entender quais as funções que desempanham cada orgão, por issi aqui está alguma ajuda.
Cumprimentos
Fernanda
 
 
 
ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO E DELEGADOS DE TURMA
 
 
Órgãos de Administração e Gestão de Escola
 
  • Assembleia de Escola
 
Órgão responsável pele definição das linhas orientadoras da actividade da escola
 
  • Conselho Executivo ou Director
 
Órgão de administração nas áreas pedagógica, cultural, administrativa e financeira.
 
  • Conselho Pedagógico
 
Órgão de coordenação e orientação educativa da escola, nomeadamente nos domínios pedagógico-didácticos, da orientação dos alunos.
 
  • Conselho Administrativo
 
Órgão deliberativo em matéria administrativo-financeira.
 
 
Administração e gestão das escolas
 
 
Documentos fundamentais da autonomia da escola
 
  • Projecto Educativo
 
Documento que consagra a orientação educativa, elaborado e aprovado para um horizonte de três anos, no qual se explicam os princípios, os valores, as metas e as estratégias segundo os quais a escola se propõe cumprir a sua função educativa.
 
 
  • Regulamento Interno
 
Documento que define, o regime de funcionamento da escola, de cada um dos seus órgãos, das estruturas de orientação e dos serviços de apoio educativo, bem como os direitos e deveres dos membros da comunidade educativa.
 
  • Plano de actividades
 
Documento de planeamento elaborado e aprovado pelos órgãos de administração e gestão da escola que define, em função do projecto educativo, os objectivos, as formas de organização e de programação das actividades, e que procede a identificação dos recursos envolvidos.
 
 
 
PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO
 
 
O direito de participação dos pais na vida da escola processa-se de acordo com o disposto na lei 372/90 e 80/99, e concretiza-se através da organização e da colaboração em iniciativas visando a promoção da melhoria da qualidade e da humanização das escolas, em acções motivadoras de aprendizagens e da assiduidade dos alunos e em projectos de desenvolvimento sócio-educativo da escola.
 
  • DIREITOS
 
- Participar na escola e nas actividades da associação de pais.
 
- Informar-se, ser informado e informar a comunidade educativa sobre todas as matérias relevantes no processo educativo do seu educando.
 
- Comparecer na escola por sua iniciativa e quando para tal for solicitado.
 
- Colaborar com os professores no âmbito do ensino – aprendizagem do seu educando.
- Ser convocado para reuniões com o director de turma e ter conhecimento da hora semanal de atendimento.
 
- Ser informado do aproveitamento e do comportamento do seu educando, no final de cada período escolar e em todas as situações que se justifique.
  
 
- Participar, a titulo consultivo, no processo de avaliação do seu educando sempre que as estruturas de orientação educativa o considerem necessário e no cumprimento do estabelecido legalmente e do estabelecido neste regulamento.
 
- Eleger e ser eleito representante nos órgãos da escola de acordo com a lei em vigor, bem como participar como representante da turma na eleição do conselho executivo da Escola ou agrupamento.
 
- Conhecer o regulamento interno.
 
- Participar na definição dos períodos em que os encarregados de educação e ou os seus representantes participam na vida da escola.
 
- Solicitar ao conselho executivo, no prazo de 3 dias úteis a contar da data de entrega das fichas de avaliação no 1º Ciclo ou da afixação das pautas nos 2º e 3º ciclos, a reapreciação do conselho de turma decorrentes da avaliação do seu educando.
 
- Interpor recurso para o Director Regional de Educação, no prazo de 5 dias úteis após a recepção da resposta ao pedido de reapreciação de avaliação do seu educando.
 
 
  • DEVERES
 
- Informar-se sobre as matérias relevantes do processo educativo do seu educando.
 
- Colaborar com os professores quando tal trabalho for solicitado.
 
- Colaborar com os professores no âmbito do processo de ensino-aprendizagem do seu educando.
 
- Articular a educação na família com o trabalho escolar.
 
-Cooperar com todos os elementos da comunidade educativa no desenvolvimento de uma cultura de cidadania, nomeadamente através da promoção de regras de convivência na escola e participação em actividades conjuntas,
 
- Responsabilizar-se pelo cumprimento do dever de assiduidade do seu educando.
 
- Participar nas reuniões convocadas pelos órgãos de administração e gestão e pelas estruturas de orientação educativa, bem como pela associação de pais e encarregados de educação.
 
- Conhecer o regulamento interno.
 
- Assumir a responsabilidade dos danos materiais causados pelo seu educando, quando não cobertos pelo seguro escolar.
 
- Participar no processo de avaliação do seu educando.
 
- Dar parecer quando à retenção do educando no mesmo ciclo.
 
- Receber o dossier individual do aluno no termo do 3º Ciclo.
- Ter acesso ao Dossier individual do aluno, através do director de turma ou do professor titular de turma.
 
- Eleger o representante dos pais e encarregados de educação em cada turma para as funções que lhe competirem.
 
 
 
CONSELHOS DE TURMA
 
  • COMPETÊNCIAS
 
Analisar a situação da turma e identificar características especificas dos alunos a ter em conta no seu processo de ensino e aprendizagem;
 
Identificar diferentes ritmos de aprendizagem e necessidades educativas especiais dos alunos, garantindo, nos casos que o justifiquem, a indispensável articulação com os serviços especializados de apoio educativo, por forma a criar condições para a sua superação;
 
Planificar as aprendizagens não realizadas pelos alunos em situações de retenção, (nos 2º e 3º ciclos), as quais devem ser tomadas em consideração na elaboração do projecto curricular da turma;
 
Planificar o desenvolvimento das áreas curriculares não disciplinares (estudo acompanhado, formação cívica e área de projecto) bem como delinear actividades de complemento ao currículo proposto;
 
 Elaborar, aprovar e avaliar um projecto curricular de turma adaptando ao contexto da turma e de cada aluno as linhas orientadoras do currículo nacional, definindo prioridades, níveis de aprofundamento e sequências adequadas;
 
Nos 2º e 3ª ciclos de ensino básico, identificar as áreas curriculares responsáveis pela concretização de cada uma das competências gerais do currículo;
 
Planificar o desenvolvimento das actividades a realizar com os alunos em contexto de sala de aula, adoptando estratégias de diferenciação pedagógica que favoreçam as aprendizagens;
 
Preparar informação relativa ao processo de aprendizagem e à avaliação dos alunos, para disponibilizar aos pais.
 
 
 
CONSELHO DE TURMA DE NATUREZA DISCIPLINAR:
 
Avalia procedimentos disciplinares e, quando necessário, aplica as sanções previstas no regulamento interno, de acordo com o Estatuto dos Direitos e Deveres dos Alunos
 
 
 
ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DELEGADOS DE TURMA:
 
 
 
É eleito, no início de cada ano lectivo, em reunião convocada pelo respectivo director de turma e em que devem participar todos os Pais e Encarregados de Educação dos alunos da Turma;
 
Participa em todas as reuniões do conselho de turma, à excepção das que se destinam exclusivamente à avaliação sumativa dos alunos.
 
 
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Escola Qtª Morgados às 17:37




Contador de Visitas